ChatGPT-4: Uma Nova Era para Modelos de Linguagem IA

Revolutionizando a Interação Humano-Computador com o GPT-4

A OpenAI revelou nesta terça-feira (14) o lançamento do GPT-4, um avançado modelo de linguagem projetado para simular o pensamento humano de maneira mais eficaz. Com melhorias significativas em relação à versão anterior, o GPT-4 promete elevar a capacidade de raciocínio do ChatGPT a novos patamares. Além de processar textos, ele também pode trabalhar com imagens e responder aos usuários em formato de texto.

Em um experimento baseado em um exame universitário, a nova versão do GPT alcançou uma pontuação que a colocaria entre os 10% melhores candidatos, enquanto o GPT-3.5, utilizado pelo ChatGPT até então, ficou entre os 10% piores. A OpenAI destaca que seu método de aprendizado profundo permite tirar proveito de uma maior quantidade de dados e poder computacional, gerando modelos de linguagem cada vez mais sofisticados e competentes.

chat gpt 4 exclusivo o que ha de novo
O GPT-4 da OpenAI: Uma revolução na inteligência artificial e nos modelos de linguagem.

Acesso ao GPT-4: Exclusivo para assinantes do ChatGPT Plus

O GPT-4 está disponível apenas para usuários do serviço pago ChatGPT Plus, que tem um custo mensal de aproximadamente R$104 no Brasil (USD $20). A OpenAI estabeleceu um limite de uso para ele, que será ajustado conforme a demanda e o desempenho do sistema. A empresa planeja disponibilizar o acesso à versão gratuita em um futuro próximo.

Publicidade

O que há de novo no GPT-4

A inteligência artificial tem avançado a passos largos nos últimos anos, e um dos maiores exemplos disso é a família de modelos de linguagem GPT, desenvolvida pela OpenAI. A mais recente iteração, o GPT-4, trouxe uma série de melhorias e inovações que estão moldando o futuro da IA e a forma como interagimos com a tecnologia. Neste artigo, exploraremos as principais novidades dele e como essas mudanças impactam o mundo da tecnologia.

Capacidade aprimorada de raciocínio

O GPT-4 supera seu antecessor, o GPT-3.5, em termos de capacidade de raciocínio e compreensão de texto. A inteligência artificial agora pode processar informações de maneira mais eficiente e fornecer respostas mais acuradas. Essa melhoria fica evidente quando o GPT-4 é comparado ao GPT-3.5 em testes padrão universitário, demonstrando um avanço significativo no desempenho.

Integração de texto e imagem

Uma das novidades mais empolgantes do GPT-4 é a capacidade de processar não apenas textos, mas também imagens. Isso amplia o escopo de aplicações e possibilita uma interação mais rica e diversificada com os usuários, abrindo portas para novos usos e funcionalidades na área de inteligência artificial.

Aprendizado profundo e evolução contínua

A OpenAI segue uma abordagem de aprendizado profundo, permitindo que o GPT-4 aproveite mais dados e recursos computacionais para aprimorar constantemente seu desempenho. Essa metodologia possibilita a criação de modelos de linguagem cada vez mais sofisticados, levando a avanços significativos no campo da inteligência artificial.

Publicidade

Acesso exclusivo e planos futuros

Por enquanto, o acesso ao GPT-4 é restrito aos assinantes do ChatGPT Plus. A OpenAI estabeleceu limites de uso que serão ajustados com base na demanda e no desempenho do sistema. Entretanto, a empresa já manifestou a intenção de disponibilizar o acesso na versão gratuita no futuro, tornando a tecnologia mais acessível a um público mais amplo.


O lançamento do GPT-4 marca um novo marco na evolução dos modelos de linguagem e na área da inteligência artificial. Com capacidades aprimoradas de raciocínio, a habilidade de processar imagens e a aplicação de aprendizado profundo, ele está pronto para revolucionar a maneira como interagimos com a tecnologia. À medida que a OpenAI continua a aprimorar e expandir o acesso ao GPT-4, podemos esperar avanços ainda mais significativos e impactantes no futuro próximo.

Fique ligado à nossas atualizações! Siga-nos em nossas redes sociais e não perca nenhuma notícia!

Rafael Gouveia

Especialista em SEO, Wordpress e Marketing Digital, Rafael tem 38 anos e é um apaixonado por tecnologia, computadores, videogames e chopp gelado. É o fundador e principal redator do Media Manager, além de atuar como programador, analista e gerente de mídias sociais. Rafael também escreve e compartilha dicas no blog RG Games, que leva o seu nome, e possui alguns canais no YouTube. Nos finais de semana, ele solta a voz como cantor. Além disso, é pai da pequena Maju.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo