Caso da Netflix: Cobrança Extra e a Reação do Procon-SP

Entenda a polêmica cobrança extra da Netflix e a reação do Procon-SP

Em uma mudança recente que deixou muitos assinantes surpresos, a Netflix introduziu uma nova taxa para usuários que compartilham suas senhas fora de suas residências. Na terça-feira (23), a empresa de streaming começou a cobrar um adicional de R$ 12,90 por mês para esses usuários. A decisão foi recebida com reações mistas, levando ao envolvimento do Procon-SP, órgão de defesa do consumidor, que notificou a Netflix para entender melhor o novo sistema de cobrança​​.

Netflix e Procon-SP: a nova taxa de compartilhamento de senha está sob investigação
Netflix e Procon-SP: a nova taxa de compartilhamento de senha está sob investigação

A Nova Taxa da Netflix

Segundo a Netflix, o titular da conta pode adquirir um ponto extra por R$ 12,90 ou transferir o perfil para a outra pessoa, que, por sua vez, terá que arcar com uma nova assinatura. A empresa declarou que a “conta Netflix deve ser usada por uma única residência. Todas as pessoas que moram nesta mesma residência podem usar a Netflix onde quiserem, seja em casa, na rua, ou enquanto viajam”​​.

A Reação do Procon-SP

O Procon-SP notificou a Netflix sobre essa nova política após receber diversas reclamações de consumidores. No comunicado, o órgão explicou que busca entender o que a Netflix está anunciando aos seus assinantes, se a empresa está adotando um novo critério de cobrança e como funcionará este novo sistema de acesso. Além disso, o Procon-SP está buscando outras informações relacionadas para analisar possíveis infrações ao Código de Defesa do Consumidor​​.

O Contexto da Decisão da Netflix

A introdução desta nova taxa pode ser vista no contexto da recente perda de assinantes da Netflix. Em abril de 2022, a Netflix reportou uma perda de 200 mil assinantes entre janeiro e março daquele ano. Na época, a empresa destacou o aumento da competição no segmento e apontou que estava perdendo oportunidades de elevar o número de pagantes por conta de senhas compartilhadas. A empresa estima que 100 milhões de usuários desfrutam de senhas compartilhadas em todo o mundo​.


Neste momento, estamos aguardando a resposta da Netflix ao Procon-SP. Essa situação destaca a contínua evolução da indústria de streaming e a necessidade de empresas como a Netflix de se adaptarem às mudanças no comportamento do consumidor. Manteremos você atualizado sobre os próximos desenvolvimentos neste caso.

Para mais notícias e atualizações sobre este tópico, fique atento ao nosso blog.

Fonte: G1

Rafael Gouveia

Especialista em SEO, Wordpress e Marketing Digital, Rafael tem 38 anos e é um apaixonado por tecnologia, computadores, videogames e chopp gelado. É o fundador e principal redator do Media Manager, além de atuar como programador, analista e gerente de mídias sociais. Rafael também escreve e compartilha dicas no blog RG Games, que leva o seu nome, e possui alguns canais no YouTube. Nos finais de semana, ele solta a voz como cantor. Além disso, é pai da pequena Maju.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo