VIVER DE BLOG – Instalação do Wordpress e Visão Geral da Plataforma – Módulo 13 | 2ª Fase

Domine o WordPress: Guia Completo para Iniciantes

A instalação e familiarização com o WordPress é um passo crucial para quem deseja ingressar no mundo da criação de websites e blogs. Com uma interface intuitiva e uma vasta gama de recursos, o WordPress se destaca como a plataforma mais popular para a criação de conteúdo online. Neste artigo, vamos mergulhar na instalação do WordPress, entender a importância da segurança digital, a organização do banco de dados e explorar as funcionalidades básicas do painel WordPress. Essa jornada será essencial para que você esteja bem equipado para gerenciar seu site de maneira eficaz e segura.

Wordpress o campeão dos blogs
Wordpress o campeão dos blogs

Instalação do WordPress no Servidor

Quando se trata de estabelecer sua presença online através de um blog ou site, a escolha do servidor e a instalação do WordPress são etapas fundamentais. Muitas vezes, ao contratar um serviço de hospedagem, o WordPress já vem pré-instalado, permitindo que você inicie rapidamente apenas inserindo seus dados iniciais. Este cenário ideal elimina a necessidade de uma instalação manual, facilitando o processo para iniciantes.

No entanto, nem todos os servidores oferecem o WordPress pré-instalado. Nesses casos, a instalação manual se faz necessária, mas não se preocupe: é uma tarefa simples, especialmente se o servidor possuir cPanel, uma ferramenta altamente recomendada para a gestão de blogs. O cPanel é conhecido por sua interface intuitiva e recursos que simplificam a administração do site.

Para instalar o WordPress através do cPanel, siga estes 3 passos:

  1. Acesso ao cPanel: Primeiramente, acesse o cPanel do seu servidor. Normalmente, os detalhes de login são fornecidos pelo seu provedor de hospedagem.
  2. Localize o WP Toolkit: Dentro do cPanel, procure pela ferramenta WP Toolkit. Esta ferramenta é projetada especificamente para facilitar a instalação e gestão de sites WordPress.
  3. Instalação do WordPress: Ao acessar o WP Toolkit, você encontrará a opção de instalar o WordPress. O processo é bastante direto e guiado, exigindo apenas que você forneça algumas informações básicas como o nome do domínio onde deseja instalar, nome de usuário e senha para o administrador do site.

A beleza do WordPress reside em sua simplicidade e flexibilidade. Mesmo para aqueles que optam por fazer a instalação manual, o processo é intuitivo e bem documentado, tornando-o acessível mesmo para usuários menos experientes. Com o WordPress instalado, você estará pronto para dar os próximos passos na construção e personalização do seu site ou blog.

ssl

Ativação do SSL

A segurança é um aspecto vital na gestão de qualquer site, e a ativação do SSL (Secure Socket Layer) é uma das medidas mais importantes para garantir essa segurança. O SSL é um protocolo de segurança que criptografa as informações enviadas entre o servidor do site e o navegador do usuário, protegendo dados sensíveis de interceptações indesejadas.

O que é SSL e a Diferença entre HTTP e HTTPS

O SSL é o que transforma um site de HTTP (Hypertext Transfer Protocol) para HTTPS (HTTP Secure). A diferença principal entre os dois é a camada de segurança que o HTTPS proporciona através do SSL. Enquanto o HTTP envia dados em texto puro, facilmente interceptáveis, o HTTPS criptografa esses dados, tornando-os inacessíveis a terceiros. Isso é especialmente crucial para sites que lidam com informações sensíveis, como dados de cartão de crédito e informações pessoais.

SSL em Serviços de Hospedagem Modernos

Serviços de hospedagem modernos e eficientes, como a StoreHosting, que utilizam o cPanel e a instalação do WordPress via WP Toolkit, geralmente oferecem a ativação automática e gratuita do SSL. Isso significa que, ao instalar o WordPress, o SSL já é configurado e ativado para o seu site, sem custo adicional ou etapas extras.

Por outro lado, em alguns serviços de hospedagem, a ativação do SSL pode requerer um pagamento adicional ou uma contratação separada, demandando um processo mais manual por parte do usuário.

Redirecionamento HTTP para HTTPS

Após instalar o WordPress pelo WP Toolkit no cPanel da StoreHosting, uma etapa crucial é ativar o redirecionamento de HTTP para HTTPS. Esse redirecionamento garante que todos os visitantes do seu site sejam automaticamente direcionados para a versão segura (HTTPS), mesmo se digitarem o endereço com HTTP.

Este redirecionamento é importante por duas razões principais:

  1. Segurança: Assegura que todas as interações com o site sejam criptografadas, protegendo as informações trocadas entre o usuário e o site.
  2. SEO e Confiança: Sites com HTTPS tendem a ser melhor classificados pelos motores de busca, como o Google. Além disso, transmitem mais confiança aos visitantes, já que navegadores modernos alertam quando um site não é seguro (não possui HTTPS).

Ao concluir o redirecionamento para HTTPS, seu site WordPress estará não apenas seguro, mas também pronto para oferecer aos visitantes e aos motores de busca a confiança de que se trata de um ambiente digital protegido e confiável.

www

Entendendo o WWW

No vídeo do nosso Curso Viver de Blog, mencionei que o uso do “WWW” não é mais tão comum como era antigamente, mas não detalhei o motivo. Agora, vamos esclarecer o que é o WWW e por que sua relevância diminuiu ao longo do tempo, especialmente para aqueles que são leigos no assunto.

O que é WWW?

WWW significa “World Wide Web” e refere-se a uma parte da internet que é acessível através de navegadores. O WWW foi uma inovação revolucionária que permitiu a visualização de páginas na internet em formato de hipertexto, ou seja, documentos interconectados por links. Tradicionalmente, os endereços de sites começavam com “www” (por exemplo, www.exemplo.com) para indicar que estavam acessando a World Wide Web.

Por Que o WWW Não é Tão Utilizado Hoje em Dia?

Com o avanço da tecnologia e a evolução da internet, o uso do “www” em URLs tornou-se menos relevante por várias razões:

  1. Simplificação de URLs: Com o tempo, percebeu-se que era mais prático e esteticamente mais agradável ter URLs mais curtas e diretas, sem a necessidade do “www”. Por exemplo, usar “exemplo.com” em vez de “www.exemplo.com“.
  2. Tecnologia de Servidores e DNS: Avanços na tecnologia de servidores e sistemas de nomes de domínio (DNS) permitiram que os sites fossem acessados com ou sem o “www. Isso proporcionou mais flexibilidade e facilidade no acesso aos sites.
  3. Preferências dos Usuários: Os usuários da internet geralmente preferem digitar endereços mais curtos, e os navegadores modernos são projetados para entender e completar URLs mesmo sem o “www”. Isso significa que mesmo que um usuário digite “exemplo.com“, o navegador o direcionará automaticamente para o site correto, quer ele use “www” ou não.
  4. Adaptação Móvel: Com o crescente uso de dispositivos móveis para acessar a internet, endereços mais curtos e fáceis de digitar tornaram-se mais convenientes. O espaço adicional que o “www” ocupa na barra de endereço pode ser considerado desnecessário em telas menores.

Em resumo, o “www” ainda funciona e pode ser usado, mas sua relevância diminuiu com o tempo devido à busca por simplicidade, eficiência e uma melhor experiência de usuário. A internet evoluiu para um ponto onde o “www” é, na maioria dos casos, apenas uma formalidade, não uma necessidade.

Banco de Dados no WordPress

O banco de dados é um componente crucial para qualquer site WordPress, pois é onde todas as informações do seu site são armazenadas. Desde as postagens do blog até as configurações do site, tudo é guardado no banco de dados. Vamos entender melhor o que é um banco de dados e por que é tão importante para o seu site WordPress.

O que é um Banco de Dados?

Um banco de dados é um sistema de armazenamento que guarda e organiza dados de maneira estruturada, permitindo o fácil acesso, gerenciamento e atualização desses dados. No contexto do WordPress, o banco de dados é usado para armazenar todo o conteúdo do seu site, incluindo textos de postagens, comentários, informações de usuários, configurações de temas e plugins, e muito mais.

Importância do Banco de Dados para um Site WordPress

  1. Armazenamento de Conteúdo: Todo o conteúdo que você cria no WordPress é armazenado no banco de dados. Isso inclui postagens, páginas, comentários, e até as opções de personalização do site.
  2. Gerenciamento de Dados: O banco de dados permite que o WordPress gerencie e recupere dados de forma eficiente. Por exemplo, quando um visitante acessa uma postagem no seu blog, o WordPress busca no banco de dados as informações necessárias para exibir essa postagem.
  3. Segurança: Manter um banco de dados seguro é vital para proteger as informações do seu site contra acessos não autorizados e possíveis ataques cibernéticos.

Diferença entre Nome do Banco de Dados e Prefixo da Tabela

Ao configurar um banco de dados para WordPress, você encontrará dois termos importantes: o nome do banco de dados e o prefixo da tabela.

  • Nome do Banco de Dados: Este é o nome que identifica o seu banco de dados no servidor. Cada banco de dados no servidor tem um nome único, e é através deste nome que o WordPress sabe onde buscar e armazenar os dados do seu site.
  • Prefixo da Tabela: As tabelas são componentes de um banco de dados que armazenam dados em formato de linhas e colunas. O WordPress usa várias tabelas para organizar diferentes tipos de dados (por exemplo, uma tabela para postagens, outra para usuários, etc.). O prefixo da tabela é um identificador curto que é adicionado ao início do nome de cada tabela. Por padrão, o WordPress usa ‘wp_’ como prefixo, mas isso pode ser alterado durante a instalação para aumentar a segurança do site. A alteração do prefixo ajuda a prevenir ataques de SQL Injection, pois torna mais difícil para os invasores adivinharem o nome das suas tabelas.

Entender a diferença entre o nome do banco de dados e o prefixo da tabela é importante para a gestão eficaz do seu site WordPress. Isso não só ajuda na organização e segurança dos dados, mas também facilita na hora de realizar backups, migrações ou solucionar problemas no banco de dados.

login wp

 

Como Fazer Login no WordPress

Acessar o painel administrativo do WordPress é um procedimento simples, mas essencial para gerenciar seu site. Aqui estão algumas dicas diretas sobre como fazer login no WordPress e começar a administrar seu site ou blog.

Passos para Acessar o Painel Administrativo do WordPress

  1. Endereço de Login: O primeiro passo é saber onde encontrar a página de login do WordPress. Normalmente, você pode acessar o painel de administração do seu site adicionando /wp-admin ou /wp-login.php ao final do URL do seu site. Por exemplo, se o endereço do seu site for meusite.com, você pode tentar meusite.com/wp-admin ou meusite.com/wp-login.php.
  2. Inserir Credenciais: Na página de login, você precisará inserir seu nome de usuário e senha. Estas são as credenciais que você definiu durante a instalação do WordPress ou que foram fornecidas pelo seu administrador de site.
  3. Salvar o Login (opcional): Se estiver usando um computador pessoal e seguro, você pode optar por salvar seu login para acessos futuros mais rápidos. No entanto, evite fazer isso em computadores compartilhados ou públicos para manter a segurança da sua conta.
  4. Recuperar Senha (se necessário): Se você esquecer sua senha, há uma opção de ‘Esqueceu a senha?’ na página de login. Ao clicar nela, você pode seguir as instruções para redefinir sua senha através do seu e-mail.
  5. Acesso ao Painel: Após o login, você será redirecionado para o painel de administração do WordPress, onde poderá começar a gerenciar seu site.

Dicas de Segurança

  • Mantenha suas credenciais seguras: Não compartilhe seu nome de usuário e senha com pessoas não confiáveis.
  • Use senhas fortes: Para aumentar a segurança, utilize senhas complexas que combinem letras, números e símbolos.
  • Atualize regularmente: Mantenha o WordPress e seus plugins sempre atualizados para garantir a segurança e o bom funcionamento do seu site.

Fazer login no WordPress é um processo direto, mas é importante seguir as melhores práticas de segurança para proteger seu site. Uma vez dentro do painel de administração, você terá acesso a uma variedade de ferramentas e opções para personalizar e gerenciar seu site WordPress.

Seu caminho para o sucesso no WordPress começa aqui: explore nosso guia completo.
Seu caminho para o sucesso no WordPress começa aqui: explore nosso guia completo.

Conhecendo o WordPress

Explorar o WordPress é adentrar em um mundo de possibilidades para a criação e gestão de sites. Esta plataforma, líder em gerenciamento de conteúdo, é intuitiva e robusta, oferecendo desde ferramentas básicas para postagens e páginas até recursos avançados para personalização e segurança. Conhecer suas funcionalidades, como o painel inicial, gerenciamento de mídia, temas, plugins, e configurações, é essencial para aproveitar todo o seu potencial, tornando a experiência de gerir um site eficiente e gratificante.

Explorando o Painel Inicial

Painel – Início

O “Painel – Início” é a primeira tela que você vê após fazer login no WordPress. Ele oferece uma visão geral rápida do seu site, exibindo estatísticas, atividades recentes e notificações importantes.

Painel – Atualizações

Esta seção é crucial para a manutenção do seu site. Aqui, você pode atualizar o WordPress, temas e plugins para garantir a segurança e o funcionamento eficiente do seu site.

Posts

Todos os Posts / Adicionar Novo Post

Aqui, você pode criar novos posts ou editar os existentes. É o coração do conteúdo do seu blog ou site de notícias.

Categoria / Tags

Categorias e tags ajudam a organizar seu conteúdo, facilitando que os usuários e motores de busca encontrem o que procuram.

Páginas

A compreensão da diferença entre posts e páginas é fundamental para gerenciar efetivamente um site em WordPress. Enquanto os posts são dinâmicos e frequentemente atualizados, as páginas são estáticas e geralmente contêm informações que não mudam com frequência.

Diferença entre Posts e Páginas

  • Posts: São a espinha dorsal de qualquer blog ou site de notícias. Eles são dinâmicos, organizados cronologicamente e são o que você usa para publicar conteúdo regular, como artigos, notícias ou blogs. Os posts podem ser categorizados e etiquetados, facilitando a organização e a busca por temas específicos. Além disso, os posts incentivam a interação através de comentários e podem ser incorporados em feeds RSS.
  • Páginas: Por outro lado, são destinadas a conteúdo estático que raramente muda. Exemplos comuns incluem páginas de ‘Sobre Nós’, ‘Contato’, ‘Política de Privacidade’ ou ‘Termos de Serviço. Elas não são datadas, não possuem categorias ou tags e geralmente não são incluídas em feeds RSS. As páginas são úteis para fornecer informações fundamentais sobre seu site ou empresa e são estruturadas hierarquicamente. Por exemplo, você pode ter uma página principal ‘Serviços’ com subpáginas detalhando cada serviço específico.

Entender essa distinção é crucial para uma gestão eficaz do conteúdo do seu site em WordPress. Enquanto os posts são a melhor escolha para conteúdo regular e atualizado, as páginas são ideais para informações essenciais e permanentes que oferecem estrutura e contexto ao seu site.

Publicidade

Gerenciamento de Mídia

Biblioteca

A Biblioteca é onde todas as suas mídias (imagens, vídeos, etc.) são armazenadas e gerenciadas.

Adicionar Arquivo de Mídia

Esta opção permite que você carregue novas mídias para usar em posts e páginas.

Comentários

O local para moderar e gerenciar comentários. Aqui, você pode aprovar, responder, editar ou excluir comentários feitos no seu site.

Personalizando o Visual

Aparência – Temas

Altere a aparência do seu site escolhendo e personalizando temas. Uma ampla gama de opções permite que você dê um toque pessoal ao seu site.

Plugins

Plugins Instalados / Adicionar Plugins

Plugins ampliam a funcionalidade do seu site. Nesta seção, você pode instalar novos plugins ou gerenciar os existentes.

Gerenciamento de Usuários

Todos os Usuários

Visualize e gerencie todos os usuários cadastrados no seu site.

Adicionar Novo Usuário

Aqui, você pode adicionar novos usuários com diferentes funções e permissões, desde assinantes até administradores.

Funções e Permissões

Cada função no WordPress – Assinante, Colaborador, Autor, Editor e Administrador – possui permissões específicas, permitindo um controle detalhado sobre quem pode fazer o quê dentro do site:

  • Assinante: É o nível mais básico, permitindo apenas a leitura de conteúdo e a gestão do próprio perfil.
  • Colaborador: Pode escrever e gerenciar seus próprios posts, mas não publicá-los diretamente.
  • Autor: Tem permissões para publicar e gerenciar seus próprios posts.
  • Editor: Pode publicar, editar e gerenciar posts e páginas, inclusive os de outros usuários.
  • Administrador: Tem acesso total ao site, incluindo a capacidade de modificar temas, plugins e todas as configurações.

Perfil

Personalize seu perfil no WordPress, ajustando configurações como nome de exibição, endereço de e-mail e senha.

Ferramentas do WordPress

Essa seção fornece ferramentas que podem ser úteis para a administração do seu site, como importação, exportação de conteúdo e ferramentas de saúde do site.

Cada uma dessas áreas do WordPress tem um papel importante na gestão e no sucesso do seu site. Familiarizar-se com esses recursos é o primeiro passo para se tornar um administrador eficiente de um site WordPress.

Configurações do Wordpress

Antes de finalizarmos, é importante destacar a seção de configurações do WordPress, um aspecto vital para o sucesso e a funcionalidade do seu site. As configurações do WordPress abrangem desde ajustes básicos, como a definição do título do site e a formatação de data e hora, até configurações mais avançadas relacionadas à privacidade, escrita, leitura, discussão, mídia e permalinks. No próximo artigo, mergulharemos detalhadamente nessas configurações, explorando como cada uma delas influencia a operação do seu site e como você pode otimizá-las para melhorar a experiência do usuário e a eficácia do seu site.


Este artigo forneceu um guia completo sobre a instalação, configuração e utilização do WordPress. Cobrimos desde a instalação inicial e ativação do SSL até o gerenciamento de conteúdo, mídia e usuários. A familiarização com estas ferramentas e funcionalidades é essencial para qualquer pessoa que deseje criar e gerenciar um site eficiente e atraente. No nosso próximo artigo, aprofundaremos nas configurações do WordPress, detalhando como otimizá-las para o sucesso do seu site ou blog.


  • Como instalo o WordPress no meu servidor?

    Se o seu servidor possui cPanel, use o WP Toolkit para uma instalação fácil. Caso contrário, você pode precisar fazer uma instalação manual.

  • O que é SSL e por que é importante?

    SSL (Secure Socket Layer) é um protocolo de segurança que criptografa as informações enviadas entre o servidor do site e o navegador, protegendo dados sensíveis.

  • Como ativo o SSL no meu site WordPress?

    Em muitos serviços de hospedagem modernos, o SSL é ativado automaticamente. Em outros, pode ser necessário ativá-lo manualmente ou adquiri-lo como um serviço adicional.

  • Por que o ‘WWW’ não é mais usado em URLs?

    Com o avanço tecnológico e a preferência por URLs mais curtas e simples, o uso do “WWW” tornou-se menos relevante.

  • O que é um banco de dados no WordPress?

    É onde todas as informações do seu site são armazenadas, incluindo conteúdo, configurações e dados dos usuários.

  • Como fazer login no meu site WordPress?

    Acesse seudomínio.com/wp-admin ou seudomínio.com/wp-login.php e insira suas credenciais.

  • Qual a diferença entre posts e páginas no WordPress?

    Posts são para conteúdo dinâmico e datado, como artigos de blog, enquanto páginas são para conteúdo estático e perene.

  • Como posso moderar comentários no WordPress?

    Na seção Comentários, você pode aprovar, responder, editar ou excluir comentários.

  • Para que servem as Ferramentas do WordPress?

    São usadas para tarefas administrativas, como importação e exportação de conteúdo.

  • É necessário ter conhecimentos técnicos para usar o WordPress?

    Não necessariamente. O WordPress é amigável para iniciantes, mas conhecimentos técnicos podem ajudar na personalização avançada.

Rafael Gouveia

Especialista em SEO, Wordpress e Marketing Digital, Rafael tem 38 anos e é um apaixonado por tecnologia, computadores, videogames e chopp gelado. É o fundador e principal redator do Media Manager, além de atuar como programador, analista e gerente de mídias sociais. Rafael também escreve e compartilha dicas no blog RG Games, que leva o seu nome, e possui alguns canais no YouTube. Nos finais de semana, ele solta a voz como cantor. Além disso, é pai da pequena Maju.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo